Notícias

Escritor de "O Monge e o Executivo" ministra palestra no 15ª Conescap

Publicado em 17/06/2013

O norte-americano James Hunter é palestrante, professor, escritor e consultor-chefe há 20 anos da J. D. Hunter Associados, uma empresa de consultoria e treinamento. Sucesso de vendas e público, seu livro O Monge e o Executivo é considerado um dos melhores fenômenos da literatura de negócios dos últimos anos, foi traduzido para nove línguas, com mais de três milhões de cópias vendidas. Com seus ensinamentos, tem criado uma nova cultura do que é verdadeiramente a liderança com a importância da espiritualidade e da humanização. Hunter será palestrante da 15ª Conescap.

 

15ª CONESCAP - Em seus dois livros O monge e o executivo e Como se tornar um líder servidor é abordada a questão da essência da liderança. O que significa ser um líder?

JAMES HUNTER - Ser líder é conquistar corações e mentes. É fazer que as pessoas façam de bom grado aquilo que deve ser feito, com o foco nos objetivos planejados. O primeiro passo é ter caráter, ser honesto e gostar de lidar com pessoas. O bom líder sabe entender o que passa com as pessoas ao seu redor. Ele conquista e se envolve para uma causa. Nunca se utiliza do ultrapassado estilo comando-controle, em que eu mando e você obedece.  O bom líder sabe falar e principalmente ouvir.

 

Quais são os benefícios para uma empresa que investe no desenvolvimento de líderes?

JH - Numa economia em que existe capital e recursos abundantes, a diferença de uma organização para outra está nas pessoas. E os responsáveis por criar equipes diferenciadas são os líderes. Pessoas motivadas produzem mais e não há cliente feliz se o colaborador não está feliz.

 

Como as empresas podem identificar um bom líder?

JH - Por meio de avaliação 360º graus! São os colaboradores, os superiores, os pares e os clientes que vão dizer se determinada pessoa está sendo um bom líder ou não.  Líderes não nascem feitos. Liderança é uma habilidade que pode ser aprendida e desenvolvida.

 

Na 15ª Conescap o senhor irá falar sobre o líder servidor. Quais serão os principais pontos abordados em sua apresentação?

JH - Vou falar das transformações do mundo atual nas organizações, em especial com as aspirações da geração Y, ou geração internet (nascidos entre 1980 e 1995), que estão modificando a forma de pensar e agir no ambiente de trabalho. Também vou falar em como os resultados são melhores e mais lucrativos, com líderes servidores. E como já não há mais espaço para líderes que gostam de “mandar”.

 

Que mensagem o senhor gostaria de mandar para os empresários que vão participar da 15ª Conescap?

JH - Em primeiro lugar, gostaria de agradecer muito o convite para participar deste importante evento. Será um prazer poder dividir os meus 30 anos de atuação e poder aprender com os profissionais que fazem parte deste encontro.

Compartilhe: